sábado, 9 de julho de 2011

O Final da greve

Carol Pereira - EEB. Silva Jardim

O sonho acabou e todos estão vivendo os efeitos colaterais da greve. Sofremos muito nesses 43 dias de paralisação, nos decepcionamos com pessoas que gostávamos, nos frustramos, fomos manipulados, ridicularizados e nos desiludimos com o futuro de nossa carreira.
Não tenho palavras para descrever o que senti quando vi o final da greve como a única alternativa plausível para o momento. Foi como se todos meus ideais, minhas ideologias estivessem sendo incineradas, ali mesmo naquele plenário. Quero crer que todos os bons estrategistas de guerra em algum momento recuaram. Quero ter a convicção de que toda a nossa luta não foi em vão e, acima de tudo, quero olhar para o magistério e ainda conseguir enxergar o almejado futuro.
Tudo tem seus prós e contras... O que levamos de bom disso tudo?
Em nossa bagagem da greve, entra a certeza de que erramos no dia 3 de Outubro ao colocarmos um aspirante a ditador no poder.
Ganhamos o FUNDEB, que voltou para o local de onde jamais poderia ter saído. Ajudamos a provocar uma auditoria federal.
Fomos personagens atuantes na história de nosso estado, vestimos a camisa da educação e lutamos por ela.
Levamos a certeza de que não somos mais fantoches, que temos voz ativa e precisamos ser ouvidos. Temos força para isso.
Conquistamos a união, a colaboração, abrimos um largo sorriso no rosto ao descobrir que existem pessoas que têm a mesma visão, os mesmos ideais, e a mesma garra para ir atrás de seus direitos.
Emocionei-me com o depoimento dos professores do Roberto afirmando que não voltariam sem seus colegas do SINTE que tanto lutaram pela gente. (Ressalto minha admiração e gratidão ao professor Vide, meu ídolo durante essa greve.)
Tive aula de cidadania e política com o pessoal de Vidal, que mantinha sua opinião firme e tinha plena certeza do que queria.
Aprendi muito com colegas de outras escolas, que mesmo com um numero reduzido de adeptos, FIZERAM A GREVE.
Constatei que os alunos de nossa regional estão em ótimas mãos, pois a grande maioria de seus professores tem valores e qualidades imensos para serem repassados.
Além disso, tive muito orgulho de meus colegas do Silva Jardim. Formamos uma grande família, compartilhamos nossos anseios, nossas angustias, debatemos ideias algumas vezes, mas nunca perdemos nossa união, e se fosse o melhor caminho a se seguir continuar em greve, seguiríamos todos juntos.
Despeço-me dessa greve com lágrimas nos olhos, mas com uma ponta de esperança no coração. Dias melhores hão de vir, e se tardarem... Ahhh, se tardarem... nós vamos atrás!
Acordamos Colombo.

11 comentários:

  1. Parabéns Carol por mais este lindo texto.
    Ele expressa nossa Luta. Luta essa que com certeza ficará na história.
    Estou em fim de carreira , mas muito me alegra em saber que muitos jovens como vc acreditam que podemos correr atras daquilo que acreditamos.E que mesmo nas derrotas aprendemos alguma coisa.
    Te admiro...

    ResponderExcluir
  2. Acho que Santa catarina ensaiou um movimento que deveria ocorrer no Brasil inteiro. Como amiga, estou orgulhosa de você e como profissional da educação, estou orgulhosa do teu estado.
    Todos esperamos dias melhores.
    Vanessa/RJ

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Carol tenho orgulho em dizer que você é minha amiga... A educação esta precisando de pessoas com garra assim e você sempre mostra ser uma MENINA com alma de MULHER com grande personalidade e que não tem medo de dizer VERDADES...E tem muita coisa a ser feita foi apenas uma batalha vamos ter que guerrear muito ainda....
    PARABÉNS
    PARABÉNS
    PARABÉNS!!!!!

    JOICE SABINA MAY

    ResponderExcluir
  4. Realmente valeu a pena. Mostramos que somos capazes de lutar pelos nossos direitos e no que acreditamos. Fico feliz de ter feito parte desse ato histórico e com pessoas dignas e que não recuam nos momentos mais difíceis.Parabéns pelas suas palavras, você sabe emocionar!!

    ResponderExcluir
  5. Uma nuvem escura envolveu todos vocês! ficaram loucos. Voltem a Greve!

    ResponderExcluir
  6. Nossa Carol, lindo texto... emocionante mesmo!!!
    Você nem imagina o quanto estou orgulhosa de vc!!!
    G ente
    R eunida
    E sperançosos
    V encedores
    E sperando dias melhores!

    Pois como escreveu muito bem minha amiga Carol: Dias melhores hão de vir, e se tardarem... Ahhh, se tardarem... nós vamos atrás!
    Acordamos Colombo.

    ResponderExcluir
  7. Ai, lendo esse texto, já pela metade me vieram lágrimas nos olhos. Escrevendo isso aqui também.

    Como você, tenho muito orgulho dos professores da minha escola, que foram os MEUS professores continuam me ensinando a cidadania. A admiração dos professores de Alfredo que por muito tempo foi a escola pioneira na regional a entrar 100% na greve e se manter firme por muito tempo unidos. Admiração e reconhecimento a todos os outros professores das outras escolas que sendo minoria e sendo alvo de provocações e ameaças e aos outros que com garra conseguiram abranger um numero grande de adeptos a causa em suas escolas. Lembrar dos pais que nos apoiaram e dos que vieram atrás, falaram o que pensavam e ouviram nossa situação, mesmo concordando ou não buscaram saber do futuro da educação de seus filhos. (Pelo menos das férias e reposições ha!)

    Lembrar principalmente das autoridades competentes, que se valorizassem Mesmo a educação, não estariam criando cabides de empregos, indicando e conseguindo eleger quem querem, e nunca, NUNCA teriam chegado lá.
    Ressaltar que é uma raridade o que as urnas revelaram. DUVIDO que exista fora de Santa Catarina e principalmente fora do Brasil, alguem que una a vida política à "alegria" circense, à grande capacidade e muito, muito ensaio na vida real para vilão E mocinho em novelas e filmes. E por fim, politico corrupto é sim um terrorista. Coloca terror acima de tudo nos ambientes sociais, dentro das escolas, das famílias.
    Uma pessoa que una todas essas "qualidades" e habilidades tentando governar um estado. Quanta honra! Alegrai-vos! Vocês (eu não, com muito orgulho) colocaram uma pessoa rara lá em cima.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Carol, mas penso que não acabou não, se ele não nos pagar teremos férias e depois só Deus sabe o que vai acontecer. GREVE GREVE ele conseguiu fazer os professores voltarem para a GREVE, não nos paga nós não faz reposição. Mas de outro lado foi muito bom te conhecer. Tens uma amiga aqui, se precisar estarei sempre por aqui. Bj e firmes para sair deste estado de greve e retomar nossa caminhada. Lutar por um direito nosso.

    ResponderExcluir
  9. Não perca as esperanças! Educação é a base de um grande país, continue na luta!



    Hugo Duarte

    ResponderExcluir
  10. Realmente lendo este texto lindo que você escreveu, não pude conter as lágrimas, realmente valeu a pena, fiz parte de uma luta histórica....Pena que fui traída por mim mesma e recuei, fico apreensiva com meus companheiro que permanecem na luta...A nós, cabe ainda não nos calarmos continuarmos mostrando a sociedade o lado podre da educação. Deixamos de ser fantoches e AGORA o importante é NÃO NOS CALARMOS NUNCA...Por enquanto esta será nossa arma...devemos divulgar aos nossos alunos quem são os INIMIGOS DA EDUCAÇÃO , e a resposta desta maldita votação será na urna no próximo ano...Retornei por meus alunos, por minha fraqueza, mas estarei repondo as energias p/ voltar a luta se necessário for.
    Um forte abraço....

    ResponderExcluir
  11. Sei que a greve tá acabando.Mas me sinto vencedora quando vejo a luta dos professores.E de cabeça erguida digo:Vou continuar lutando sempre pela educação. Sílvia.

    ResponderExcluir